Pular para o conteúdo principal

Destaques

Lançamento do Unicom Conflitos reúne profissionais para debate com alunos

A nova edição do Jornal Unicom, produzida em cima do tema “Conflitos que transformam”, teve o lançamento oficial na noite dessa segunda-feira, 27, em um evento onde o assunto central da publicação foi debatido. Mediado pelo professor Demétrio de Azeredo Sóster, o debate iniciou após as 19h30, no auditório do Memorial da Unisc, e teve como convidados à mesa o jornalista Rodrigo Lopes, a psicóloga e socióloga Gabriela Maia e o sociólogo e professor Luiz Augusto Campis.
No primeiro momento, os três convidados tiveram a oportunidade de falar sobre conflitos que transformam – para o bem ou para o mal – a partir das perspectivas profissionais e pessoais de cada um. Quem deu início a essa fase foi Gabriela, que tratou majoritariamente sobre questões de gênero e a violência acerca disso. Dando sequência, com uma perspectiva mais sociológica, Campis falou sobre a Teoria do Conflito Social, de Karl Marx, relacionando-a com a realidade. Para finalizar, Lopes fez uma breve apresentação sobre a …

A famosa audiodescrição... Parte 1

Há 17 anos Unicom é impresso. Centenas de histórias são escritas, lidas e relidas a cada ano que passa. Personagens de todas as regiões aparecem e dão a cada uma das edições, um pouco mais de vida. O Unicom nasceu para ser diferente, é isso que ele vem buscando a cada semestre, durante a disciplina de Produção em Mídia Impressa. Foi pensando nisso que surgiu a audiodescrição. Pensando naqueles que não podem acompanhar a versão impressa do jornal-laboratório. Desenvolvida semestre antes, a ferramenta possibilitou a participação de um novo público. Aqueles que antes não podiam ler essas histórias, agora podem viajar nas páginas do jornal e conhecer todos os detalhes da edição. Agora o Unicom Separações também pode ser ouvido.


 Ele será divido em duas postagens em decorrência do número de matérias...
A segunda parte está aqui.

Aproveitem...


TO BE CONTINUED...


Comentários

Postagens mais visitadas